Você se comprometeu a comer de maneira saudável. Você quer estar bonita e se sentir bem, e você comeu direitinho a semana toda. Você se sente feliz pelo que fez e acha que merece uma estrelinha do bom comportamento… ou uma barra de chocolate meio amargo talvez? Talvez até um dia livre – um dia do lixo. Mas vale a pena um dia do lixo? Esse tipo de dia te ajuda a atingir suas metas? Ou eles são destrutivos?

O argumento do dia do lixo: se recompensar

Algumas pessoas dizem que uns dias off da dieta são necessários para dar um tempo de tantas restrições. Que eles são necessários para que você não desanime. Bem a filosofia por trás desse pensamento é a seguinte: comer de maneira adequada requer força de vontade – que você irá usar para ficar longe de comidas “do mal” – e como você consegue ficar longe das coisas, merece uma recompensa né? Aí você aproveita esse dia para comer tudo aquilo que está com vontade. O problema é que quando você se permite comer todas as coisas que você estava evitando, sua força de vontade diminui e você pode acabar perdendo o controle da sua alimentação – e começar a comer errado outra vez.

Pessoas que assumiram fazer dia do lixo e comer tudo que tem vontade por um dia tem menos chance de alcançar seus objetivos do que aqueles que não fazem dia do lixo. Isso acontece porque eles têm tendência em consumir mais calorias, não só no dia do lixo. Nos restringir durante a semana para liberar geral no final de semana possui efeitos desastrosos no açúcar do sangue e na nossa resistência à insulina. Você vai acabar ficando cada vez mais com desejos de comer carboidratos e doces, porque liberou geral no final de semana.

01-11-16-site

A solução? Pare com as restrições e aproveite com moderação.

Então se o dia do lixo não funciona – na verdade ele funciona mas só para bagunçar a sua dieta – o que devemos fazer? Melhor comermos o que quisermos e quando quisermos? Não é bem assim. Seguir uma dieta inclui diversos alimentos – todos eles se consumidos em moderação não são um problema. Se seu objetivo é perder peso, isso significa porções menores de alimentos, além de menos carboidratos e mais proteínas. Ter uma alimentação balanceada – sem nenhum aliento industrializado e cheio de açúcar e corantes – é o melhor jeito de diminuir os desejos que podem te levar à “farra dos doces”. Lembre-se dessas três coisas durante toda a sua vida:

Escute seu apetite

Se você quer comer massa com carne moída na janta, coma. Não encontre a versão mais saudável. Coma o que você está com vontade. Se você come o que quer você irá acabar comendo uma porção razoável disso. Comer de acordo com o que o seu apetite quer, irá te ensinar a desenvolver um apetite intuitivo, além de trazer diversos benefícios para a sua perda de peso e saúde.

Aproveite os doces algumas vezes

Pesquisadores concordam que comer um docinho de vez em quando não faz mal. Isso mesmo. Não faz. Comer 4 brigadeiros não vai fazer você virar a louca dos doces. Comer 4 quadradinhos de chocolate não irá te transformar em nada. Além disso, dar essas escapadinhas ajuda você a desenvolver um apreço pela refeição – o que faz com que você sinta prazer em comer. Então ao invés de rezervar o lixo para um dia só, espalhe pela semana algumas coisinhas. Um chocolatinho aqui, outro ali e você irá ter uma dieta balanceada. Lembre-se: alimentação saudável é equilíbrio.

Saboreie cada mordida

Assim que você colocar a comida na boca, tire um momento para saboreá-la e experienciá-la. Quando você tira tempo para pensar no que está comendo, seu paladar aprende a amar aquele gosto.

Portanto, nada de dia de lixo! Aprenda a levar sua vida com equilíbrio e menos neuras.

BemEstarmômetro

O Medictando lhe ajuda a aumentar sua saúde, qualidade de vida, bem-estar e felicidade, colaborando para o bem viver da humanidade. Nos ajude a mapear o bem que produzimos! Informe no que este artigo lhe ajudou:

Share This

Hoje eu estou em busca de...

Saúde... Bem-estar... Qualidade de vida... Realização de um sonho... Felicidade... ...e quero INSPIRAÇÃO para chegar lá! 

You have Successfully Subscribed!