Se a sua rotina atarefada faz com que você se sinta um zumbi (menos a parte de comer cérebros que você pula), esse post é para você. Nem só de café vivem os nossos níveis de energia. Além disso, não é bom tomar café pela parte da tarde – visto que ele pode prejudicar seu sono à noite. Mas então o que fazer? Seguir as nossas dicas da primeira semana e as dicas abaixo:

Caminhe do lado de fora

Saia de dentro de casa ou do seu ambiente de trabalho por pelo menos quinze minutos diários. Assim, você irá consumir a vitamina D do sol. E mais: caminhar faz com que seu sangue circule pelo corpo e leva a melhoras na circulação e nas funções mentais.

Coma oleaginosas e sementes de abóbora e girassol

O magnésio quebra a glicose e transforma ela em energia. Portanto, estar com níveis baixos desse mineral pode causar um pouquinho de cansaço. Oleaginosas e sementes, ambas ricas em magnésio, podem te ajudar com esse problema.

Diga não ao açúcar

Claro que um lanchinho rico em açúcar vai te dar um pique de açúcar – mas também vai fazer com que o seu açúcar do sangue e sua energia tenham somente picos. Opte por grãos integrais ao invés de açúcar; eles oferecem carboidratos complexos que o corpo digere e larga aos pouquinhos, mantendo os seus níveis de açúcar estáveis.

Exercite-se

Atividade física regular aumenta a energia e combate a fadiga ao aumentar os níveis da serotonina, que leva à melhora do humor. Além disso, o exercício aumenta os níveis de dopamina e de norepinefrina, químicos do cérebro que te ajudam a se manter ativo

Alongue-se

Acorde os seus músculos ao seu alongar pela manhã e antes e depois do exercício. Alongue-se também durante a sua jornada de trabalho.

Créditos de imagem: Brocreative/Shutterstock

Banner do site Reinehr.org