Na maioria das vezes reclamamos dos resultados que temos na vida, mas não analisamos o fato de que muitas vezes não fazemos nada para melhorar. Como esperar ter resultados se não houver atuação? Como esperar resultados mais positivos se as ações são as mesmas de sempre?

Vamos para a prática: ler um livro. Se eu não leio porque tenho que fazer outra coisa mais importante, então deixo a “leitura” para um futuro. Então o “ler o livro” vai para a agenda ou lista de tarefas, assim como tantas outras tarefas, e a minha lista só aumenta. (Normalmente eu uso post its e vou colando no mural).

Dica: Aprendi no livro A Arte da Procrastinação (John Perry): Se você não quiser fazer uma ação superimportante agora, por mil motivos; em vez de ficar se culpando, então, verdadeiramente deixe para depois, você procrastina de forma estruturada, ou, seja, em vez de ficar parada sem fazer nada ou reclamando ou se culpando; pegue a sua lista de tarefas e faça outras atividades. Você pode até não ter feito uma tarefa, mas você fez algo.

 

 

Aqui vão algumas dicas:

– Tenha objetivos claros

Sim, a falta de metas pode estar contribuindo para a sua baixa produtividade. O ideal é ter metas definidas no curto, médio e longo prazo, ou seja, para 3, 5 e 10 anos. Depois disso, verifique as suas metas de trabalho, aquelas mais ligadas à rotina do cotidiano.

– Defina prioridades

Vamos combinar, não adianta falar de prioridades se a pessoa não tem objetivos. A priorização das atividades e tarefas está intimamente ligada às suas metas definidas. Avalie quais atividades vão acelerar o cumprimento dos objetivos. São elas que devem ser colocadas como prioridade.

Saber separar o que é urgente do que é importante e do que não é nem urgente nem importante é essencial na hora de elaborar a lista de prioridades.

– Quais são as metas meio?

O objetivo final de um coach, por exemplo, poder ser ter uma longa lista de espera. Mas para isso, ele precisa definir as suas metas meio, isto é, o caminho que ele deve percorrer para alcançar esse desejo.

Quais estratégias existem para conquistar maior produtividade em direção aos seus objetivos? O que as pessoas altamente produtivas fazem? O que irá funcionar melhor para você? Comece respondendo a estas perguntas para formar as suas metas meio. Lembre-se de que há uma forte ligação entre elas e seus objetivos finais.

– Mude

Você tem medo da mudança? Já se perguntou isso? Então, vamos iniciar o processo de mudança. Mas como é possível criar uma agenda de mudança? Há duas formas: ou por um acontecimento intenso que force a mudança ou por meio de repetição e persistência.

Por exemplo, uma pessoa que adora dormir um pouco mais pela manhã, pode mudar o estado de desânimo sempre que tem que acordar cedo para sua jornada diária, simplesmente adotando um horário ideal e regular para trabalhar.

– Tenha foco na solução

Surgiu um problema, algo repentino? Mantenha o foco na solução e não no problema. Muitas pessoas dizem que não conseguem mudar, e isso mostra que elas estão mais focadas no problema do que na solução. Você já se deu conta de ter um problema que você considerava grande e de repente ele se dissipou simplesmente porque algo inesperado aconteceu e você foi forçado a mudar o foco?

A partir de agora, com essas pequenas dicas, reflita e pense na solução para melhorar o seu desempenho e aumentar a sua produtividade, em vez de prestar atenção apenas no que você achava impossível.

 

❤💙❤

………………..
Lane Lucena é apaixonada pela vida. Mãe da Maria Carolina, psicanalista clínica, pós-graduada em comportamento organizacional e gestão de pessoas, especializações em psicopedagogia clínica e psicologia e saúde mental. Idealizadora do Viva Sua Essência e do Psiqueanalise.com. Coach de vida e escrita. Criadora da “Coleção de Cadernos Terapêuticos EscrevArte – A arte de escrever” – que utiliza o recurso da escrita expressiva e intuitiva como ferramenta do autoconhecimento e escritora do atual livro: “O Poder do Permita-se“.