Confira aqui o texto da primeira parte.

Existem pelo menos oito sintomas que são comuns a pessoas que possuem vício em comida. Confira hoje os quatro restantes:

Sentir desejos, mesmo que tenha comido o suficiente

Não é incomum sentir desejos de comidas – especialmente de doces – até mesmo depois de ter comido um prato cheio de nutrientes. Por exemplo se você comeu um prato rico em proteínas e vegetais, a vontade de comer sorvete aparece logo depois. Mas sentir desejo e sentir fome são duas coisas beem diferentes. Quando você está com desejo de alguma coisa você não está com fome – porque você acabou de comer um prato com quase todos os nutrientes necessários. O que você tem é uma necessidade no seu cérebro de comer algo a mais. Se esses desejos aparecem com frequência e você tem problemas em se controlar, talvez seja a indicação de que algo não natural está acontecendo. Os desejos não existem porque necessitamos de energia ou de nutrientes mas sim porque nosso cérebro está buscando algo que vá largar dopamina no seu corpo – ela funciona como uma recompensa. Portanto sempre que o desejo aparecer, tente se controlar.

Criar desculpas na sua cabeça

Quando você decide se abster de porcarias em um dia em particular mas os desejos aparecem de repente, existem duas forças puxando você ao mesmo tempo. Uma dessas forças é a lógica, a sua decisão racional de se abster de porcarias. Talvez você até se permita comer algo no final de semana.A outra força são os desejos e hoje é recém terça-feira e você já está com vontade de comer doce. Agora você sente uma necessidade incontrolável de comer qualquer porcaria que apareça na frente. A decisão lógica que você fez de se abster agora é confrontada pela nova ideia – de comer o que você tiver vontade. Nesses momentos você para e pensa se deveria ou não comer isso. Você talvez até ache uma boa desculpa para comer a tão desejada porcaria. Mas resista ao desejo e não ceda à pressão. Você consegue!

Falhas repetitivas ao tentar se manter no controle

Quando as pessoas estão passando por problemas em se controlar, de uma maneira ou outra elas acabam criando regras para si mesmas. Por exemplo só dormir mais tarde nos finais de semana, não tomar café à noite, não comer doce toda hora…. Parece familiar? Para a maioria das pessoas essas regras falham. Se você tem um problema com regras, não as faça. E se for fazê-las,não as faça tão rígidas.

A young woman, teenager with long blond hair lolls on a black leather sofa, watching television and eating crisps and coke here.

Esconder o consumo

Pessoas com vícios alimentares normalmente escondem o que consomem de outras pessoas. Elas preferem comer sozinhas, quando não tem ninguém em casa, sozinha no carro ou até mais tarde da noite quando todos já estão dormindo. Você não precisa disso. Assuma o que você faz. É errando que se aprende.

Não conseguem se livrar do vício – mesmo com problemas de saúde

Não existem dúvidas de que tudo que comemos está diretamente relacionado com a nossa saúde. Em um curto período as porcarias podem te levar a ganhar peso, acne, má respiração, fadiga, problemas dentários e outras coisas. E a longo prazo, depois de anos e anos abusando da sua saúde, as coisas podem ficar feias. Uma vida cheia de consumo de porcarias pode levar a obesidade, diabetes tipo 2, problemas cardíacos, Alzheimer, demência e até câncer.

Você é um viciado em junk food?

Se você está se perguntando se tem algum problema com comida ou não, basta se perguntar a seguinte questão: Você já tentou várias vezes parar de comer porcarias mas simplesmente não conseguiu? Se a resposta for sim, então você tem sim problemas e está na hora de fazer algo!

Crédito de imagem: Shutterstock

Banner do site Reinehr.org