Todos nós sabemos como é se sentir para baixo, frustrado, incompleto e uma pessoa que não é boa em manter relacionamentos. Todos nós somos culpados por criarmos expectativas irreais em relação à outras pessoas, ao achar que eles devem nos encher de elogios, aprovações e validações.

Estudos mostram que basear o nosso valor próprio com base em fatores externos, é algo extremamente prejudicial para a nossa saúde mental. Um estudo da Universidade de Michigan descobriu que estudantes de faculdade que baseiam o seu valor em fontes externas (incluindo performances acadêmicas, aparência e aprovação dos outros) eram mais estressados, brabos, possuíam mais problemas acadêmicos e em seus relacionamentos. Eles também consumiam mais álcool e drogas e tinham mais tendência a desenvolver distúrbios alimentares. O mesmo estudo descobriu que estudantes que baseiam o seu valor em fatores internos não somente se sentem melhor como possuem notas mais altas e menos chances de consumirem álcool e drogas.

Existem quatro perspectivas muito importantes que te ajudaram a valorizar você mesmo. Quando você baseia o seu valor próprio em quem você é e nos seus valores enquanto ser humano ao invés de baseá-lo no que os outros pensam ou no que você alcança, sua confiança aumenta e seu crítico interno se cala. Conheça as quatro perspectivas:

Desenvolva suficiência consigo mesmo(a)

Em grande parte da nossa vida, nós tiramos o nosso valor próprio de coisas externas – da aprovação de alguém ou da validação que irá dizer como você se sente sobre si mesmo(a). Quando colocamos o nosso valor em coisas externas a nós (carreira, dinheiro, objetos materiais, relacionamentos, aparência), nunca teremos o suficiente ou seremos o suficiente. Ser independente dos pensamentos de outra pessoa a respeito de você (tanto positivos quanto negativos) e ao invés disso confiar em Deus/Espírito/Universo o seu valor, você aprende a ser mais suficiente para si próprio e como resultado, experiencia mais paz, liberdade e sucesso,

Claro que é ótimo ouvir elogios mas o seu humor, sua mente, sua saúde física e seu valor não podem depender da aprovação de outra pessoa a respeito de você. Enquanto você baseia o seu valor na opinião de outra pessoa ou em como as pessoas tratam você, jamais conseguirá viver a sua vida com potencial ilimidado e experenciar a verdadeira alegria.

Não se enganche nas pessoas

Ao invés de ir atrás dos outros por validação para se sentir bem e o suficiente, porque nós não reformulamos a ideia de que as pessoas devem algo para a gente?

Quando nós nos ancoramos no nosso amor próprio e pegamos o nosso valor através das qualidades únicas que nos tornam quem somos, nos tornamos auto-suficientes.  Nós não precisamos ir até nossos parceiros, amigo, trabalho, comida, bebida ou redes sociais para aumentarmos nosso ego. Nós podemos olhar para dentro dos nosso corações e perceber o nosso valor, sabendo que somos o suficiente.

Aceite que as pessoas não podem te dar aquilo que elas não tem

Muitas vezes nós recorremos as pessoas ao nosso redor e busca de uma palavra que irá nos fazer sentirmos melhores ou nos sentirmos de uma determinada maneira. Se um cliente não tem mais dinheiro para um orçamento, o engenheiro não pode exigir nada dele e tem que se adaptar. E o mesmo acontece com a gente. Não podemos cobrar e exigir das pessoas sentimentos e palavras que essas pessoas não sentem e não possuem para nos dar. Talvez o seu(sua) parceiro(a) não te respeita porque ele(ela) não se respeita em primeiro lugar.

Pessoas que nos traem, nos machucam ou que fazem algo errado conosco não precisam necessariamente consertar as coisas – porque às vezes eles não tem vontade ou não sabem como. Esperar que os outros se desculpem, que eles arrumem um jeito de compensar o que fizeram, e até mesmo que eles admitam que estão errados implica uma crença de que as ações deles podem nos fazer bem. Mas quando nós dependemos de outros para nos sentirmos felizes ou nos comportarmos de uma determinada maneira, sempre iremos nos decepcionar.

Não é sobre manter todos felizes e sim sobre ir atrás do seu propósito de vida

Contanto que estejamos fazendo o nosso melhor, honrando nós mesmos(as) e nosso propósito, sentimos cada vez menos a necessidade de ir atrás da aprovação dos outros. Ao invés de nos sentirmos ofendidos(as) quando alguém falha conosco, porque ao invés disso não vemos uma oportunidade para expandir e crescer? E se abraçássemos o fato de que estamos sendo preparados para levar nossa vida ao próximo nível e alcançarmos nossa missão? Quanto menos você depender de pessoas para te validarem, mais forte seu emocional fica. Focar nas características especiais que fazem você ser quem você é, é muito mais fácil e recompensador do que ficar esperando alguém dizer ou fazer algo que irá te fazer se sentir bem – e isso até que você precise de alguém, outra vez, para vim te dizer quem você é e deve ser.

Esperamos que essas dicas te ajudem a ser uma pessoa mais confiante e segura de si.

Créditos de imagem: Izf/Shutterstock

 

BemEstarmômetro

O Medictando lhe ajuda a aumentar sua saúde, qualidade de vida, bem-estar e felicidade, colaborando para o bem viver da humanidade. Nos ajude a mapear o bem que produzimos! Informe no que este artigo lhe ajudou:

Share This

Hoje eu estou em busca de...

Saúde... Bem-estar... Qualidade de vida... Realização de um sonho... Felicidade... ...e quero INSPIRAÇÃO para chegar lá! 

You have Successfully Subscribed!