É aquela época do ano de novo: a de que você não quer mais saber do seu trabalho. Talvez sejam os efeitos das férias que fazem você não querer que elas acabem para ter que ir trabalhar. Mas e se não for isso? E se você simplesmente cresceu tudo que tinha para crescer no seu emprego atual e agora só se estressa? Talvez você tenha mudado de ideia do que quer fazer na vida? Ou finalmente admitiu que o que faz agora, não é o que você ama e não irá te levar mais a nenhum lugar.

Talvez esteja na hora de sair do seu emprego.

Muitas pessoas não chegam a essa conclusão do dia para a noite e acabam deixando que essa situação chegue em um ponto extremo quando chegam no seu limite. É difícil pensar em deixar um trabalho quando você tem contas a pagar, uma casa e uma família para cuidar… Mas de que adianta trabalhar para ter tudo isso se você está infeliz consigo mesmo e com o que faz?

Sair do emprego é uma grande decisão. Se você se sente sem saber se deve continuar ou ir respirar novos ares, considere colocar em uma balança a sua atual situação e seu – hipotético – futuro. Aqui temos alguns sinais que demonstram que, definitivamente, está na hora de sair da sua situação atual:

Você odeia ir trabalhar

E isso vale para todos os dias e não somente a segunda-feira. Se você tem pavor de ir trabalhar todos os dias, pense o porquê disso e converse consigo mesmo.Proceda com cautela. As vozes competentes na sua cabeça podem criar diversos argumentos altamente convincentes sobre porque esse trabalho é uma porcaria e como nada disso é sua culpa. Se você tentou mudar e ainda se sente puxado para baixo porque tem um chefe ruim, muito trabalho, pouco tempo para si etc… considere se trabalhar 40 horas semanais vale a pena o esforço.

É um fardo para você

Trabalhar não é tudo. Uma vida bem balanceada inclui atenção igual para todas as áreas da sua vida seja família, aprendizado, amor, aventura, corpo ou si mesmo(a). Como CEO da sua própria vida, você é o responsável por direcionar tempo e energia para as coisas que ajudarão você a alcançar seus sonhos – e não somente alcançar o dia do pagamento. Se você está deixando a sua saúde, casamento, relacionamentos, espaço pessoal ou seu bem-estar emocional sofrendo enquanto você se preocupa demais com o trabalho, é hora de pedir a demissão e fazer mais por você.

Você não está crescendo

Crescer em ambientes de trabalho não vem de locais confortáveis e fáceis. Esse crescimento só acontece quando você aceita desafios que te tiram da sua zona de conforto. Mesmo que você tenha um trabalho decente, um local de trabalho agradável e companheiros de trabalho legais, se você está estagnado no mesmo local a meses, é hora de seguir adiante. Talvez você tenha crescido tudo que tinha para crescer nessa empresa ou talvez você apenas esteja preparado para mudar. Qual for a razão, não deixe a inércia te parar de seguir em frente.

Seu sonho se foi

Pessoas que são apaixonadas pelo que trabalham podem sustentar uma maior produtividade e uma carreira mais longa do que aqueles que estão motivados apenas por dinheiro ou circunstâncias particulares. Você não acredita na empresa? Seu trabalho parece não ter um motivo para existir? Talvez seja o apelo inicial do trabalho que se foi e você não está mais tão conectado com a empresa. Ou talvez seu sonho mudou. Você pode até conseguir ficar  trabalhando em uma posição que paga bem, mas se seu coração não está no seu trabalho, dinheiro nenhum no mundo irá fazer você se sentir feliz.

Um sonho melhor está chamando você

A maior razão pela qual as pessoas permanecem em trabalhos que não gostam é porque tem medo. Qual é o seu gosto do medo? Medo do desconhecido, de fazer uma decisão errada, de tentar ou de falhar? Isso é uma grande verdade para aqueles que já sabem o que querem mas que não dão um passo adiante atrás dos seus sonhos. Reinvenção é assustador. Entenda que o medo é a causa que te leva a ser descontente no trabalho em qualquer lugar. Entenda que o medo não vai embora até que você lide com ele. Lidar com ele significa ter coragem e integridade para descobrir qual é o caminho que é o verdadeiro para você.

Mesmo que esses cenários sejam indicadores de que seu trabalho não está mais dando certo para você, só você pode determinar se deve continuar nele ou sair. Mantenha-se verdadeiro(a) consigo mesmo(a) e com como você quer se sentir no seu ambiente de trabalho. Como você se sente sobre si mesmo(a) é um fator muito importante em qualquer decisão que você for tomar. Além disso, nada de sair do trabalho se não tiver outro em vista. Apenas saia se você já tiver um plano B para o que irá fazer da sua vida.

Créditos de imagem: Jacob Lund/Shutterstock

Banner do site Reinehr.org