Já faz seis meses que você está trabalhando e aí você pensa “não aguento mais trabalhar”. Tradução: “Meu rendimento não está crescendo em relação ao quanto estou trabalhando”. E esse pensamento também pode ser aplicado à academia. Mais trabalho – nesse caso, mais exercício – não equivale a melhor resultados. Já ouviu aquela frase “trabalhe de maneira inteligente, não somente duro”? Ou seja, você não irá ter resultados bons se ficar 3 horas na academia. Sabe por que? Porque não é só de longos e extensos exercícios que se faz um bom corpo. Malhar é sobre esforço e intensidade. É sobre você fazer os movimentos necessários de maneira adequada e intensa. E não sobre ficar horas e horas na academia.

04.02.17 site

A perda de gordura não aumenta conforme você aumenta a quantidade de treinos

Ganhos musculares não são alcançados necessariamente porque você se exercita mais. Crie um ritmo para si mesmo. É vital para a estrutura do seu treino que você maximize a sua alimentação. Porque a perda de gordura e o ganho de músculo está diretamente ligada à tudo que você consome diariamente e ao seu metabolismo, além de estar conectada a como o seu corpo cultiva energia através do seu consumo alimentar. Existem momentos onde seu corpo queima gordura e momentos onde queima carboidratos (que é a maior parte do tempo). A razão pela qual muitas pessoas acham que não estão perdendo peso é porque a gordura estocada nas suas barrigas é utilizada como uma fonte secundária de queima, sendo utilizadas após a queima de carboidratos. Afinal, ela é um armazenamento não é mesmo? Portanto se você quer queimar gordura, preste atenção na quantidade de carboidratos que está ingerindo em suas refeições.

O final de um treino é geralmente quando a sua energia de queima está baixa (que são os carboidratos)

É importante se exercitar quando o seu corpo está queimando gordura para que você perca peso. Treinos que queimam gordura incluem corridas, cardios rápidos, pular corda, pular caixas e andar de bicicleta. Existem outras diversas opções mas antes de falar sobre exercícios que queimam gordura, precisamos pensar em como a gordura é queimada. Já que o corpo humano queima principalmente glicose para utilizar como fonte de energia, treinar utiliza mais carboidratos já que estes são convertidos em glicose após serem consumidos. Se existe um excesso de carboidratos consumidos eles serão armazenados em forma de gordura (ao redor da sua barriga). Depois dos carboidratos, seu corpo procura pelas proteínas para produzir glicose. Então você irá, na verdade, consumir músculo antes de consumir a gordura armazenada. Para queimar gorduras o seu corpo deve, primeiramente, ser privado de carboidratos e aí ele precisa de treinos intensos para ativar os armazenamentos de emergência de gordura – e converter eles em energia. Ao contrário dos carboidratos, quanto a gordura é convertida em energia ela cria cetona, ao invés de criar glicose. Então se você simplesmente tomar um suco de laranja e sair para malhar, quando você tiver terminado com seu treino moderado de uma hora, você não vai ter queimado quase nada de gordura.

Se você quer construir músculos tire um dia de folga entre os dias que você treina, para dar um tempo próprio para o seu corpo se recuperar. A dor deve diminuir antes de você voltar a malhar. Fazendo isso, você irá poder malhar de três a quatro dias por semana. Mas se seu objetivo é perder peso, faça um cardio rápido de 10 a 15 minutos logo pela manhã. Café com óleo de coco também é uma boa pedida. E um treino versátil e de nível moderado-intenso feito de três a quatro vezes por semana deve ser o suficiente para a perda de peso.

O exercício não é o maior responsável para a perda de gordura

É a alimentação. Então você deve combinar, estrategicamente, a sua frequência de treinos com uma dieta adequada.  Alguns profissionais recomendam que você comece pela dieta e sem exercícios – visto que malhar aumenta o seu apetite e cria uma ideia de recompensa alimentar para o seu corpo – e depois una os dois. Se você começar apenas pela alimentação adequada primeiro, você irá aprender a ter controle sob si mesmo e irá conseguir resistir a ideia de ter recompensas. Portanto antes de você começar a se matar correndo na esteira, pense no que está utilizando como combustível para seu corpo.

Créditos de imagem: ESB Professional/Shutterstock

Banner do site Reinehr.org