É claro que você tem que se exercitar para ter resultados. Mas esses resultados dependem muito da maneira como você se exercita e não da quantidade. Seus resultados são diretamente influenciados pela qualidade do seu exercício físico.

Quando você está se sentindo motivado para atingir algum objetivo fitness como colocar em prática a sua resolução de ano novo, é fácil se deixar levar. Você pode começar a ignorar os seus músculos doloridos e continuar indo na academia todos os dias, em busca de uma melhor versão de si mesma. Nesse processo de excessos, você começa a se sentir desmotivado, comprometer sua saúde física e até comprometer os seus resultados, visto que seu corpo possui pouquíssimo tempo para se recuperar. Esses erros são os responsáveis por muitas pessoas começarem a academia em janeiro e desistirem no final do mês.

O seu corpo precisa descansar e é isso que muitas vezes esquecemos. Dar uma pausa para o seu corpo não irá somente poupar seu tempo mas também, melhorar seus resultados e impedir que você se machuque ou perca o gosto pela atividade que pratica. Antes de encher seu calendário de atividades físicas, considere essas cinco dicas que irão de fazer chegar mais longe com menos esforço.

Dê um passo a cada dez segundos

Ficar em posição de prancha (uma posição de flexão com os braços dobrados e apoiados no chão, colocando todo seu peso nos braços e pernas) o maior tempo possível pode parecer produtivo, mas é algo falho na questão de construir força de sustância. Para expressar máxima força você precisa aprender a contrair todos os músculos de uma vez só. Na posição de prancha, por exemplo, isso significa contrair os músculos do abdômen e dos glúteos o mais forte possível. Você vai saber que está fazendo certo quando após dez segundos, você está completamente cansado(a). Faça um intervalo e complete com mais duas sessões dessas, totalizando 30 segundos de exercício intenso.

Diminua o ritmo para ser mais rápido

Para atingir seus objetivos mais rápido, você deve treinar mais rápido não é mesmo? Errado. Corredores e outros atletas de esportes de resistências como nadadores e ciclistas são conhecidos por exigirem demais de si mesmos cedo demais. E na verdade eles chegariam mais rápido se eles exigissem menos de si mesmos nos treinos.

Para correr mais rápido, por exemplo, a maioria dos seus quilômetros corridos deve ser com passos muito devagares por meses ou semanas. Posteriormente, você adiciona um ritmo mais rápido para a corrida. Isso ajuda a construir eficiência aeróbica no seu corpo, melhorar a maneira que o seu corpo utiliza a gordura como combustível e acelera a habilidade do corpo em utilizar oxigênio para criar energia. Isso é chamado de “movimento econômico” e através dele é mais fácil de se tornar uma pessoa mais ágil e rápida.

20.01.17 site

Tire alguns dias de descanso

Quando você está descansando – como quando está dormindo ou fazendo uma atividade mais leve – seu corpo continua trabalhando duro para reparar músculos, fortalecer ossos e articulações e re-balanceando os hormônios que controlam as inflamações e outras respostas biológicas que seu corpo dá ao estresse do exercício. Esses são os processos que te levam a possuir resultados.

Pouco descanso e recomposição comprometem os seus resultados, não importa o quão duro você dê na academia. Alguns sinais que mostram que a sua recuperação está sendo inadequada incluem insuficiência respiratória, sentimento de tédio e ranço, falta de motivação para exercícios e exaustão. Esses sentimentos podem ser evitados se você der tempo para o seu corpo respirar. Com descanso adequado, você alcança melhores resultados e consegue melhorar seu desempenho físico na atividade física de sua escolha.

Relaxar para exercer mais poder, força e resistência

Você já sentiu alguma vez aquele sentimento de falta de foco e esforço em vão? Esses sentimentos geralmente aparecem num “estado de fluxo” que é quando ocorre um choque entre o balanço adequado de esforço, relaxamento, controle, confiança e aptidão. Você não pode forçar ou fazer o fluxo acontecer. Ele vai aparecer naturalmente quando você está totalmente engajado com uma atividade que ainda está sendo desafiadora mas que você tem confiança de que irá alcançá-la.O fluxo pode ocorrer em qualquer esporte ou atividade e apresenta a oportunidade de você performar no seu maior potencial com pouco esforço. Atingir o estado de fluxo requer, entretanto, que você confie nas suas habilidades – e essa pode ser a parte mais difícil.

Crie poucos objetivos

Quando você está exercitando bastante e não está conseguindo os resultados desejados, o problema talvez não seja a falta e esforço mas sim, a falta de foco. O nosso corpo tem uma capacidade limitada de adaptação, o que significa que ele pode construir força ou rapidez mas não ambas ao mesmo tempo. E ele também não pode construir resistência para correr uma maratona enquanto perde peso em uma dieta low-carb. Correr atrás de diversos objetivos ao mesmo tempo pode não ser a melhor ideia. Quando o corpo não tem a oportunidade de se adaptar a um tipo de coisa antes de ser exposto à outra, fatiga e machucados podem aparecer com mais frequência.

Segmente a sua rotina de exercícios por períodos que durem semanas ou meses, cada uma com um ênfase diferente como construir uma base aeróbia primeiramente e depois treinar para ganhar força. Depois, substitua os treinos de força por treinos de rapidez. Assim, cada período irá desenvolver um aspecto diferente do seu corpo e manter a sua rotina variada e estimulante.

Créditos de imagem: Shutterstock

Banner do site Reinehr.org