Oleaginosas são alimentos muito populares. Elas são saborosas e podem ser consuidas em quase todos os tipos de dieta (exceto para aqueles que são alérgicos). Além de serem ricas em gorduras do bem, elas também possuem diversos benefícios para a sua saúde (e peso)

O que são oleaginosas?

A maioria da oleaginosas é coberta por uma espécie de concha, que precisa ser quebrada para que elas se revelem. As oleaginosas mais conhecidas são: amêndoas, castanha-do-pará, castanha-de-caju, avelã, macadâmia, nozes, pinhão, pistache e nozes. Tecnicamente falando os amendoins são considerados legumes como as ervilhas e feijões, mas ele é comumente relacionado às olegoinosas pela sua similaridade de características e nutrientes.

Oleaginosas são uma fonte de diversos nutrientes

Algumas oleaginosas possuem mais nutrientes que outras. A quantidade de carboidratos é variável. Avelãs, macadâmia e castanha-de-caju possuem menos de duas gramas de carboidrato digestível por unidade, enquanto a castanha-de-caju possui quase 8 carboidratos digestíveis por unidade. Com esses dados, podemos perceber que elas são ótimas para se comer e uma dieta low-carb, não é mesmo?

beneficios-oleaginosas-site

Oleaginosas são ricas em antioxidantes

Os antioxidantes ajudam a controlar os radicais livres, que são moléculas instáveis e produzidas no nosso metabolismo de maneira regular. A produção de radicais livres aumenta por conta da exposição ao sol, do stress, poluição e outras causas. Mesmo que os radicais livres possuam um papel benéfico na resposta da imunidade, possuir demais deles pode levar a problemas nas células. Quando seus níveis de radicais livres está muito alto, seu corpo acaba entrando em um estado de stress oxidativo, que aumenta o risco de doenças. Os antioxidantes encontrados em plantas, incluindo o polifenol que está na oleaginosas, pode combater esse stress oxidativo através da neutralização dos radicais livres. Pesquisas mostram que os antioxidantes presentes nas nozes e amêndoas podem proteger a delicada camada de gordura que existe na sua célula e prevenir que estas sejam machucadas durante a oxidação.

Oleaginosas podem te ajudar a perder peso

Mesmo sendo consideradas calóricas, pesquisas mostram que na verdade as oleaginosas te ajudam a perder peso. Amêndoas já vem demonstrado que são mais eficientes para a perda de peso para que o ganho. Um estudo apontou que o pistache também pode ser um grande aliado na perda de peso. Mesmo que calóricas, estudiosos apontam que o seu corpo não absorve todas elas. Isso é por conta da gordura que fica presa nas paredes fibrosas das oleaginosas durante a digestão. Estudos similares descobriram que nosso corpo absorve menos de 21% das calorias em uma noz e menos de 5% de calorias de um pistache.

Oleaginosas diminuem o colesterol e os triglicerídeos

O poder de diminuir o colesterol que as oleaginosas possuem é creditado ao fato de que elas são basicamente constituídas de ácidos fáticos monosaturados e polisaturados. Amêndoas e nozes podem ajudar a diminuir os níveis do colesterol do mal e aumentar os de bem. Pistaches se mostraram extremamente eficientes para diminuir os triglicerídeos de pessoas obesas e diabéticas. Diversos estudos mostram que a macadâmia diminui o nível de colesterol.

Oleaginosas são benéficas para quem tem diabetes tipo 2 e síndrome metabólica

A diabetes tipo dois é uma doença comum que afeta milhões de pessoas no mundo todo. Possuir a condição médica intitulada síndrome metabólica está diretamente associado com a diabetes tipo 2. As oleaginosas são uma das melhores coisas para as pessoas que possuem essas condições, consumir. Primeiramente elas são pobres em carboidratos e não aumentam muito os níveis de açúcar. Estudos sugerem que consumir oleaginosas também pode levar a diminuir os níveis de stress oxidativo, pressão sanguínea e outras doenças que podem ocorrer nas pessoas com síndrome metabólica ou diabetes tipo 2.

Resultado de imagem para nuts

As oleaginosas podem ajudar a reduzir a inflamação

As oleaginosas possuem propriedades anti-inflamatórias surpreendentes. A inflamação é o jeito que seu corpo encontra para se defender de machucados, oriundos de bactérias e de outras patologias maléficas. Porém as inflamações crônicas podem causar um grande estrago nos órgãos, além de aumentar a propensão do seu corpo a doenças.Pesquisa sugerem que comer nozes pode ajudar a reduzir a inflamação e melhorar a sua saúde. Algumas oleaginosas se mostraram eficientes no combate à inflamação em pessoas saudáveis como a castanha-do-pará, o pistache, as nozes e amêndoas.

Oleaginosas são ricas em fibras

As fibras possuem muitos benefícios no nosso corpo. Mesmo que seu corpo não consiga digerir a fibra, a bactéria que está alojada no seu colon consegue. Muitos tipos de fibras possuem uma função probiótica na sua microbiota intestinal. Quando a fibra chega no intestino, ela é fermentada e se torna um ácido fático de cadeia pequena. Esses ácidos possuem benefícios muito importantes, incluindo a melhora na saúde intestinal e a redução no risco de obesidade e diabetes. Além disso, as fibras ajudam na sensação de saciedade e reduz a quantidade de calorias que você absorve nas refeições.

Oleaginosas podem diminuir suas chances de ataque do coração e infarto

As oleaginosas são amigas do seu coração. Diversos estudos sugerem que elas tem o poder de diminuir o risco dos infartos e ataques do coração por conta do seus benefícios no colesterol, funções das artérias e inflamações. Estudos descobriram que partículas pequenas e densas de colesterol bom podem ter mais influência sobre ataques do coração do que partículas de colesterol maiores.

As oleaginosas são tudo e mais um pouco

Elas são saborosas e satisfeitos. Elas podem ser saboreadas in natura, cortadas, picadas, na forma de pasta… Existem diversas maneiras de você comer as queridinhas do momento, já que elas são encontradas em qualquer lugar. Portanto, sem desculpa e comece a se alimentar de oleaginosas agora mesmo!

 

Banner do site Reinehr.org