A primavera traz na bagagem uma infinidade coisas: árvores com folhas e frutos novos, flores se abrindo, pássaros cantando e alergias sazonais. Muitas alergias sazonais. Então, como lidar com elas sem precisar correr até a farmácia o tempo todo?

Nariz escorrendo, olhos coçando, pele irritada: esses e uma série de outros sintomas conseguem estragar nossa experiência com uma das estações mais bonitas do ano. Mas para não precisarmos recorrer o tempo todo a remédios que nos deixarão sonolentos e com o estômago irritados, podemos combater esses sintomas e as alergias sazonais adicionando à nossa dieta alguns ingredientes saborosos e fáceis de serem encontrados. Dá uma olhada ali embaixo.

 

Brotos de brócolis

Apesar de não encontrarmos com tanta facilidade brotos de brócolis em feiras e mercados, o brócolis é fácil de produzir em casa. Você precisa esperar de três a quatro dias para colhê-los. 

Em 2014, pesquisadores da Universidade da Califórnia de Los Angeles publicaram o resultado de de um estudo¹ onde expuseram 29 adultos a partículas de diesel gasosas produzidas por motores à combustão e registraram a reação de seus corpos. Depois, o grupo de controle ingeriu extrato de brotos de brócolis por quatro dias, e foi novamente submetido ao teste com diesel: a reposta de células brancas do sangue ficou 54% abaixo do que em relação ao primeiro caso. Os pesquisadores concluíram que a ingestão de brócolis e brotos de brócolis é super benéfica para o controle e tratamento de alergias provocadas por poluição e, até mesmo, asma. Além disso, os brotos especificamente, contém um antioxidante super importante: o sulforafano.

 

Abacaxi

Fruta tropical, o abacaxi é rico em bromelina, que há muito tempo é usada como uma alternativa para prevenção de alergias antes de anti-inflamatórios não-esteroides. Recentemente, Eric Sector, da Escola de Medicina da Universidade de Connecticut, descobriu que a bromelina ajuda a diminuir a reação do organismo à argentes alergênicos ².

 

Cebolas

As cebolas são um dos alimentos mais pesquisados devido à sua ação anti-alergênica. Elas contém quercetina, um flavonoide que estimula o sistema imunológico, ajuda a combater inflamações e a controlar o nível de histaminas, substâncias responsáveis por reações alérgicas. Mas muita gente é alérgica a cebolas, ou simplesmente não gosta de comê-las; se você é uma dessas pessoas, também pode encontrar a quercetina em bons níveis em maçãs e brócolis.

Ainda falando em flavonoides, confira AQUI uma postagem super bacana que explica como eles podem ajudar a combater a disfunção erétil.

 

¹Para acessar o artigo citado (em inglês), clique AQUI.

²Para acessar o artigo citado (em inglês), clique AQUI.

 

Fonte da imagem: cenczi/Pixabay.

Banner do site Reinehr.org