A maioria de nós começa o ano prometendo que vai mudar a sua alimentação, seja para perder peso, melhorar a pele, o humor, para ter mais vitalidade ou para resolver problemas de saúde – e para fazer tudo isso, é preciso eliminar o açúcar. Se você já tentou tirar o açúcar da sua alimentação e se pegou comendo brownies que sobraram da festinha da sua prima, não é que seja falta de força de vontade ou que o açúcar é um vício. Existem forças invisíveis que ditam suas escolhas.

Por que você não se livra do açúcar?

Você não sabe o porquê de desejar açúcar

Você pode querer consumir açúcar por diversas razões: níveis desestabilizados de açúcar no sangue por conta de uma alimentação ruim, falta de sono ou estresse; balanço inadequado na microbiota intestinal; você está triste, entediado e precisa dar uma alegria para o seu dia através de chocolate; você criou um hábito tipo o de comer um docinho após a janta.

Você sabe que o açúcar é ruim mas continua usando adoçantes artificiais

Açúcar líquido como os refrigerantes por exemplo, causam mais problemas do que alimentos doces. Isso acontece porque o açúcar líquido não é registrado como algo que sacia você. E aí, acaba-se consumindo grandes quantidades dele e você ganha peso. E não se engane pensando que um refrigerante diet ou zero serão melhor para você. Na verdade adoçantes não calóricos como a sacarina por exemplo, podem mudar como a glicose é regulada e a composição da microbiota intestinal, fazendo com que a perda de peso seja mais difícil.

Você acredita que está viciado em açúcar

Açúcar não é viciante. Se você se sente viciado(a) em alimentos doces, é possível que o açúcar tenha sido combinado com alguma gordura como a manteiga ou o óleo de coco. A combinação doce/gordura é muito mais viciante do que o açúcar em si. Além disso, quando você admite que o açúcar é viciante ao mesmo tempo você tira a sua força de vontade em parar de consumi-lo.

5 passos para largar do açúcar de vez

Comece seu dia com muita proteína

Ovos, pudim de chia ou um smoothie feito com coisas protéicas ajudam os níveis de açúcar do seu sangue a ficarem estabilizados, evitando assim que a glicose baixe e cause muita fome e desejo de açúcar.

Não largue as frutas

As frutas não são compostas somente de açúcar. Elas são ricas em fitonutrientes, vitaminas, minerais e fibras que auxiliam a rebalancear a sua bioquímica do corpo. O segredo é não consumir muitas frutas de uma vez só. Consuma cerca de dois pedaços de frutas por dia: um pela manhã como um smoothie e um pela tarde como um lanchinho – quando seu desejo por açúcar bater. A fruta irá saciar o seu desejo de açúcar e se ela não saciar, é porque o desejo está vindo da sua cabeça.

Durma pelo menos 7,5 horas

Sim, dormir reduz os desejos durante o dia. Quando pesquisadores pediram à mulheres que reduzissem seus horários de sono de sete para quatro horas diárias por quatro noites, elas queriam muito mais consumir açúcar e consumiram cerca de 400 calorias a mais por dia. Portanto, não tome o seu sono como garantido.

Pergunte-se por que?

Antes de encher a sua boca de M&M’s, pergunte-se o por quê disso. Você está entediado? Triste? Apenas comendo por comer? O que está acontecendo? Parar e fazer essa reflexão é muito bom para você entender porque está consumindo o que está consumindo. Porque se encher de açúcar? Qual a necessidade?

Faça as pazes com o açúcar

Abstinência completa do açúcar não é algo necessário – além de ser algo que leva você a se culpar se come algo errado. Ao invés disso, consuma em moderação e de maneira adequada. Prefira chocolate amargo à chocolate ao leite. Faça escolhas conscientes do que você irá consumir. O açúcar não precisa ser evitado, apenas consumido de maneira adequada.

Se livrar dos desejos de açúcar é difícil e esperamos que essas dicas te ajudem a ter consciência do que está consumindo.

Créditos de imagem: Sunny Forest/Shutterstock

Banner do site Reinehr.org