muffinscapa

Espero que além dos dois leitores que sentiram falta das receitas, que outros (mesmo sem terem enviado mensagens) também estejam saudosos da coluna PhilosCozinhar. Pois então, voltei!

Aos curiosos sobre os motivos de ter ficado tanto tempo sem postar receitas, em breve conto as boas notícias (ou não). Mas também teve um pouco de relação com minha mania de perfeccionismo (querer testar a receita certinha, fazer fotos bonitinhas e tals), minha falta de organização pessoal para postar nas datas corretas e pra variar, minha depressão que vai e volta e às vezes vem e fica. Portanto, de agora em diante, os textos serão mais enxutos e sem muita pesquisa sobre aspectos nutricionais, funcionais, dicas de saúde et cetera e tais. Deixarei esses detalhes para os especialistas no assunto, já que não sou nutricionista, nem médica ou da área de gastronomia. Temos outros colunistas no Medictando para dicas especializadas sobre saúde e alimentação. Vou continuar com as divagações culinárias, porque de filósofo, cozinheiro e louco todos nós temos um pouco! Afinal, como Caetano bem cantou:
“(…) De perto, ninguém é normal
Às vezes, segue em linha reta
A vida, que é “meu bem, meu mal”

Como essa coluna serve principalmente para falar sobre comida, coisa que até consegue me alegrar “de verdade”, mas para a qual também andei desmotivada ou no piloto automático devido à fase deprê, hoje vou deixar uma receita de muffin que é rapidíssimo de fazer, tipo vapt-vupt. Até mesmo para quem Não dispõe de muito tempo, está desanimado da vida, ou mal sabe pilotar um fogão se animará e arriscará em fazer essa receita. É rápida, fácil e funciona mesmo! Criei adaptada de um vídeo que vi no YouTube, não lembro qual o canal e me perdoem se houver algum plágio, mas estou sem paciência para buscar a fonte. Façamos como na vida antes da internet, que a gente aprendia a fazer uma receita “de olhar” com a avó, com a mãe ou a vizinha, e no máximo anotava numa folhinha de caderno com caneta Bic. Meu caderninho de receitas inventadas e aprendidas ainda é assim, tipo querido diário, com escrita manual e pingos de comida para decorar.

A massa desse muffin leva farinha integral, que o deixa mais saudável. Esse que fiz (da foto) contém farinha integral e farinha de trigo branca, que pode ser substituída por farinha de arroz ou outras sem glúten. Já fiz só com farinha integral, mas ficou meio pesado. Como não testei a receita com as outras farinhas, quem o fizer deixe seus comentários, assim podemos construir um caderno de receitas colaborativas com adaptações para os celíacos. A receita leva leite, ovos e manteiga, então não é para veganos, se tiver alguém que arrisque uma substituição para esses ingredientes, por favor, também faça seus comentários! Sei que há leites vegetais, por sinal, muito saborosos, como o leite de amêndoa e coco que talvez funcionem para essa receita.

Vamos à receita, então! Deixo como sugestão o recheio, que pode ser queijo em cubinhos. Na receita que testei, fiz alguns recheados com queijo e uma sobra de repolho refogado que estava na geladeira. Outra dica é rechear com tomates + queijo ou outros legumes e verduras que a sua imaginação (ou geladeira) permitir.

muffincortado

MUFFIN INTEGRAL VAPT VUPT
Tempo de preparo: cerca de 15 minutos (+ 25 no forno)
Rende: 8 bolinhos
Nível de dificuldade: fácil

Ingredientes
1/2 xícara (chá) de leite
4 colheres (sopa) de manteiga
2 ovos
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de farinha de trigo integral
2 colheres (chá) de fermento
uma pitada de sal
Opcional: queijo em cubinhos
manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar

Modo de Preparo
1. Pré-aqueça o forno a 180º C. Unte 8 forminhas individuais de muffins (pode ser de silicone) ou de empadinhas com manteiga e polvilhe com farinha de trigo, retirando os excessos de farinha.
2. Leve o leite ao fogo alto até ferver, desligue o fogo e em seguida adicione a manteiga. Mexa bem até derreter, coloque os ovos e misture.
3. Peneire as farinhas, o fermento e o açúcar em uma tigela à parte. Faça um buraco no centro e regue com a mistura de leite, manteiga e ovos. Mexa cuidadosamente com uma colher até a farinha absorver todo o líquido. Não é necessário bater a massa, basta misturá-la ligeiramente com uma colher ou uma espátula, até todos ingredientes estarem incorporados.
4. Em cada forminha, coloque 3 colheres (sopa) da massa e “esconda” um ou dois cubinhos de queijo em cada forminha. Leve ao forno por 25-30 minutos. Retire os muffins da assadeira para esfriar. Sirva morno ou à temperatura ambiente.

Dica Extra: também pode utilizar forminhas de papel específicas para ir ao forno, facilita muito para levar como lanche, marmita ou piqueniques.

Espero que façam a receita e abusem da criatividade para testar recheios.

A propósito, estava filosofando aqui sobre porquê chamamos de muffin e não de cupcake esse tipo de bolinho, já que ambos têm o mesmo formato que na minha infância eu conhecia como “bolo inglês”. A Lua Limaverde do blog Quiche de Macaxeira explica:

O muffin é um tipo de quick bread (pãozinho rápido), ou seja, sua massa é feita com uma técnica bastante simples e rápida, em que os ingredientes secos são misturados em uma tigela e os líquidos em outra, para logo em seguida todos serem misturados rapidamente (a massa não deve ser batida, apenas misturada ligeiramente com um garfo ou uma espátula, podendo até ficar encaroçada). A gordura usada no preparo é sempre em forma líquida, como óleo vegetal ou manteiga derretida, e os ovos são ligeiramente batidos, apenas para misturar. Essa técnica é a mesma usada para fazer panquecas e waffles, por exemplo. Caso você asse a massa de um muffin no formato de um bolo único (geralmente numa forma de bolo inglês), ele passa a ser chamado de Bread ou Loaf, que seria algo como um Pão-Bolo, pois a textura da massa é diferente da de um bolo propriamente dito. Exemplo de Muffin. Exemplo de Pão-Bolo.

Como é preparado para o café-da-manhã ou lanche da tarde, os muffins têm a característica de incorporar ingredientes saudáveis, como frutas, castanhas, grãos, sementes e especiarias, mas podem também receber gotas de chocolate, coberturas ou outros complementos mais festivos. O muffin é um bolo mais denso, não costuma esfarelar e tem uma aparência mais dura.

Para quem ficou cantando Vaca Profana e gosta de cozinhar com música (eu adoro!): sigam minha lista no Spotify por este link!

PhilosCozinhar para cozinhar e cantar, ou cozinhar e dançar!

BemEstarmômetro

O Medictando lhe ajuda a aumentar sua saúde, qualidade de vida, bem-estar e felicidade, colaborando para o bem viver da humanidade. Nos ajude a mapear o bem que produzimos! Informe no que este artigo lhe ajudou:

Share This

Hoje eu estou em busca de...

Saúde... Bem-estar... Qualidade de vida... Realização de um sonho... Felicidade... ...e quero INSPIRAÇÃO para chegar lá! 

You have Successfully Subscribed!