O comportamento de nossos olhos revelam muito mais do que sintomas de glaucoma ou miopia: ele pode indicar que doenças muito mais sérias podem estar em desenvolvimento.

Apesar de não mantermos o hábito de consultar periodicamente o nosso oftalmologista (o ideal seria uma vez ao ano), podemos vigiar sinais simples e comportamentos atípicos de nossos olhos para nos anteciparmos à uma série de problemas de saúde super perigosos. Abaixo listamos apenas duas doenças de um grande número que podem revelar sintomas através de nossos olhos, além de prejudicar nossa visão muitas vezes de forma irreversível.

 

Diabetes

A diabetes tem uma relação difícil com nossas vias oculares: elas fazem com que a mácula, localizada na retina e responsável por nossa visão central, inchar ou reter líquido. Isso significa danos muito sérios à qualidade da visão dos pacientes, mesmo que nem sempre leve à cegueira. Além disso, o risco de desenvolver glaucoma e catarata é altíssimo: respectivamente 40% e 60% dos diabéticos desenvolvem esses problemas. Outro problema grave é a retinopatia, que afeta a parte sensível à luz do olhos, causando visão embaçada e descolamento da retina.

 

Problemas de tireoide

A tireoide é um órgão super importante para nosso corpo: localizado na região do pescoço, ela é responsável pela produção de uma série de hormônios que ajudam a regular nosso metabolismo e crescimento. Pacientes com doenças relacionadas tireoide podem desenvolver problemas como o congestionamento das soquetes oculares e inflamação dos músculos das vias oculares. Isso pode ocasionar visão dupla e inchaço dos globos oculares.

Além disso, a Doença de Graves, uma patologia autoimune que afeta a tireoide, faz com que suas pálpebras retraiam, o que pode impedi-lo de fechar seus olhos, levando a um ressecamento gradual da retina, uma vez que haverá dificuldade em mantê-la hidratada,

 

Preste atenção ao comportamento de seus olhos – você pode retardar o avanço de doenças bastante sérias. Consulte seu oftalmologista regularmente.

 

Fonte da imagem: Alexas_Fotos/Pixabay.

Banner do site Reinehr.org