Somos constantemente acometidos de dores musculares devido à um grande esforço, seja por causa de nossa rotina de trabalho, exercícios ou mesmo postura. Mas não precisamos correr pra farmácia e nos entupirmos de analgésicos.

Dores leves não precisam ser tratadas com ibuprofeno, por exemplo. Uma série de pequenos cuidados e remédios naturais podem resolvê-las. O grande problema dos fármacos tradicionalmente utilizados para combater as dores musculares é que seu uso indiscriminado pode levar à sérios problemas estomacais, que vão desde náuseas até úlceras, e alguns medicamentos estão diretamente ligados à casos de ataques cardíacos.

Pensando nisso, separamos três métodos bastante simples (e naturais) para ajudá-lo. Dá uma olhada na lista abaixo.

 

Óleo de peixe

Na última década, a procura por Ômega 3 aumentou consideravelmente, tornando esse composto um dos mais vendidos em forma de cápsulas em balcões de farmácias. Visto como milagroso por muita gente, o composto encontrado no óleo de alguns peixes tem sim muitos benefícios, mas não nos previne de ir ao médico periodicamente.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que adultos consumam diariamente algo entre 300 e 500 miligramas diários de Ômega 3, mas especialistas como Elizabeth Trattner, que trabalha com esse tipo de tratamento há anos, recomenda uma dosagem maior, a partir de 900 miligramas diários. Trattner, entretanto, argumenta que essa medida deve ser estabelecida em conjunto com seu médico. Quanto aos benefícios, apesar de não serem milagrosos, são animadores: uma redução drástica da sensibilidade nas articulações e de até 1/3 de sua rigidez.

 

Dormir

Várias pesquisas tem ligado a falta de sono com episódios recorrentes de dor. O ideal é que se atinja um estágio de sono profundo, devendo-se dormir de 7 a 9 horas por noite. O que acontece é que, durante o sono, nosso corpo libera um série de hormônios, péptidos e neurotransmissores que ajudam em nossa recuperação física. Se não conseguirmos dormir de forma correta, esse processo é interrompido, aumentando a sensação de fadiga muscular.

 

Loção de capsaicina

A capsaicina é um dos componentes essenciais da pimenta, e apesar de loções à base dessa substância não serem tão comuns de serem achadas no Brasil, podemos encontrar esses produtos em lojas virtuais de produtos naturais.

Para quem pratica esportes, a capsaicina pode ser uma importante aliada: aplicando a loção, gel ou creme antes do treino, você ajuda no relaxamento de seus músculos, enquanto que a aplicação pós-treino auxilia na prevenção de dor e rigidez.

Esses produtos devem ser aplicados localmente, e o único cuidado diz respeito ao fato de que, assim, como a pimenta, a capsaicina também pode causa sensação de ardência e queimação.

 

Fonte da imagem: frolicsompel/Pixabay.

Banner do site Reinehr.org