Amanhecer Maravilha

Bom dia, tudo bem com você? Como tem sido tua semana? Produtiva, divertida, corrida, satisfatória?

Por aqui na fase de experimentações e ajustes tanto metodológicos quanto biológicos em relação ao Amanhecer Maravilha. Sim, porque afinal de contas, existirão situações nas quais você, seu corpo e sua rotina terão que ser adaptadas. Sem essa de nazismo normopático, ou seja, de se agarrar de forma ferrenha a regras.

Regras existem para facilitar processos e o seu entendimento mas, uma vez entendidas, podem ser quebradas com inteligência e sabedoria.

Por exemplo: digamos que ontem tenha sido sua festa de aniversário, e você tenha ficado acordado até às 2 horas da manhã. Você programa o seu Amanhecer Maravilha para começar às 5:50, como eu. E agora, o que você faz? Qual é a melhor escolha?

Pessoalmente, acredito que em primeiro lugar, você precisa conseguir um tempo mínimo de sono para que seu dia realmente renda e que você não caminhe como um zumbi pela face da terra. Então, para mim, a opção de acordar às 5:50 nessa situação é inviável e até danosa para você. Tente dormir pelo menos 6 horas de sono todos os dias, ou mais. Seu metabolismo e seu corpo agradecem!

Então, se você consegue adiar o início das outras atividades do seu dia e, eventualmente, começar seu Amanhecer Maravilha às 8h ou mesmo 9h por exemplo, sem problema algum: vá fundo! Não estás quebrando nenhuma regra de ouro! O horário fixo serve apenas para estabelecer uma rotina e garantir que você pratique o Amanhecer Maravilha todos os dias. Mas mais importante é isso: a criação de um hábito. Vai chegar o dia em que você, por força da necessidade e de compromissos assumidos (quer seja trabalho, viagem, acidentes e ocorrências da vida de qualquer pessoa), terá que praticar o seu tempo diário no Amanhecer Maravilha à tarde ou até, pasme, à noite!

E se, em caso de real caos no seu dia (como um acidente nuclear, colisão de cometa contra o planeta, ataque alienígena ou outra forma de apocalipse) você pode até, eveeeeeeentualmente, ficar um dia sem praticar, sem que isso coloque por terra o seu processo. Ou então, você pode fazer uma escolha melhor do que não fazer nada: você pode fazer um “Mini-Amanhecer Maravilha” (também chamado de MAM).

Lembra que o meu Amanhecer Maravilha Original (conhecido pelo acrônimo de AMO) é composto da seguinte sequência:

Primeiros 10 minutos:

  1. Acordar
  2. Fazer as necessidades fisiológicas
  3. Tomar um copão de água
  4. Escovar os dentes
  5. Lavar o Rosto

20 minutos

  • Exercícios (HIIT, Kettlebell, Calistenia, Pular corda, Polichinelos)

20 minutos

  • Banho e vestir-me

20 minutos

  • Meditação

20 minutos

  • Tocar e escutar música

20 minutos

  • Escrever

10 minutos

  • Filmar um vídeo com o texto escrito (como estou fazendo agora)

Ainda quero incluir neste Amanhecer Maravilha pelo menos 40 minutos de Leitura, sendo 20 minutos de textos médicos e 20 minutos de textos aleatórios, sobre outro tipo de conhecimento, além de aumentar o tempo de Tocar e Escrever para pelo menos 30 minutos matinais, perfazendo então 180 minutos (ou 3 horas) de atividades produtivas e que me realizam todos os dias.

Para que isso se torne uma realidade em breve, provavelmente terei que acordar ainda mais cedo, lá pelas 5:30 – se eu desejar continuar tomando um café corrido, ou 5:10, se eu desejar tomar um café com calma e aproveitá-lo adequadamente, como todos nós merecemos (ou mereceríamos, face a confusão do mundo aí fora).

Mas isso é conversa para outra hora, faz parte dos planos para as próximas semanas.

Sobre o MAM (o Mini Amanhecer Maravilha), você pode, em dia de caos instalado, criar pequenos “chuncks” ou pedaços de Manhãs Maravilhosas para consumir ao longo do dia.

Por exemplo, você pode fazer um MAM composto de 10 minutos de Acordar, necessidades fisiológicas e escovar os dentes, 10 minutos de vestir-se (se o seu banho é noturno), 10 minutos de meditação e 10 de escrita, ou de leitura, ou ainda de atividade física. Pronto. Você reduziu um Amanhecer Maravilha de 120 minutos (2 horas) para um de 40 minutos, que pode caber mais facilmente na sua rotina nos dias ultra corridos.

E você que está me lendo ou ouvindo agora: qual é o seu Amanhecer Maravilha ideal? Quais são as atividades que fazem de você uma pessoa mais feliz, plena, mais cheia de vida, mais produtiva e que você não quer deixar de fazer todos os dias? Quais são aquelas coisas que você está adiando, procrastinando, deixando para depois ou fazendo muito menos do que você gostaria e que você poderia incluir dentro de um Amanhecer Maravilha?

A mensagem aqui é: crie a sua “mistura de bolo” ideal, o teu “caldeirão de ações matinais diárias” e mão na massa. Reorganize seu tempo e comece!

É tarde… É tarde… dizia o coelho de Alice!

PS: hoje resolvi colher atemóias, laranjas, limões, bergamotas e pimentas, além de ir comprar camarões, que meu filho Benjamin adora e, lá em casa, faz parte da tradição do almoço da sexta-feira, então por isso o vídeo está saindo mais tarde!

Comenta aí em baixo o que você está achando dessa “série” de vídeos e o que temas relacionados você gostaria que eu abordasse nos próximos vídeos.

Até amanhã!

Namastê!

Banner do site Reinehr.org